Jovem é detido por criar associação falsa – Recolhia bens para si próprio
Batia porta de casas e empresas sob alegação de que os bens e dinheiros destinavam-se à crianças e jovens vulneráveis.

O jovem de 28 anos acabou detido pela Polícia Nacional na semana passada. Dedicava-se a recolha de bens diversos e dinheiros, com argumento de pertencer a organização de caridade Comunidade Maria e José, nunca legalizada. Com alegação de os mesmos servirem para ajudar crianças e jovens vulneráveis e toxicodependentes residentes no Bailundo, província do Huambo. 

Os bens e dinheiros doados não chegavam aos necessitados que alegada, sim ao seu benefício pessoal. Na altura da detenção foi encontrado com 28 mil e 400 kwanzas de doação. O mesmo já foi encaminhado ao Ministério Público.

REAÇÕES

1
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
1
   
0
   

Comentários